26 dezembro 2007

Interação Homem-Homem

por Sharon Lee

Não é nenhuma novidade dizer que vivemos numa era em que a sobrevivência dos negócios depende da habilidade em se comunicar efetivamente através da internet.

A novidade é a percepção de que somente possuir um website antigo não é o suficiente. A qualidade do seu site e a natureza de seu conteúdo são primordiais e sua habilidade de comunicação com seu público é a chave.

Um bom website é construído em duas verdades básicas – que a internet é uma mídia interativa e que o usuário final é na verdade um ser humano. Em outras palavras, ela deve ser uma experiência. Assim como numa aventura, um pouco de pensamento estratégico é necessário para garantir que a experiência seja prazerosa.

Me Respeite

Lembre-se que a pessoa do outro lado da tela é um ser humano. Eles querem saber que sua empresa os entende.

Separe um tempo para descobrir quem são eles e do que eles gostam. Depois trabalhe seu texto e seu design para atendê-los. Uma analogia com o mundo real seria a aproximação que você faz para iniciar uma conversa numa festa (uma pessoa com quem você espera se tornar amigável). Seria bom você ouvir atentamente aos interesses desta pessoa e ajustar sua conversa a ela. Você não iria chateá-la com uma longa explicação sobre CSS ou Ajax num sábado à noite, iria?

Tente pensar além da demografia e visualize o individual. Muitos briefings contém uma descrição muito abrangente do público-alvo. Durante a reunião de briefing, tente estreitar o foco. Um briefing pode começar com:

Público da Intranet: Agentes de 20 a 50 anos de idade

Isto pode ser dividido num público primário e outro secundário, como abaixo:

Público Primário da Intranet: de 20 a 35 anos (agentes de vendas)

Público Secundário da Intranet: de 35 a 50 anos (gerentes plenos e seniors)

A partir deste ponto, ajuda bastante se você se colocar no lugar do agente e se logar na intranet com um copo de café na mão meia hora antes de começar a procurar suas casas em aberto. Você vê seu desejo de animações em flash desaparecerem como fumaça? Você vê como o “vá direto ao ponto e seja óbvio” se torna uma diretiva? E quanto à necessidade de personalização, para que o agente possa ver o que ele precisa imdiatamente, como por exemplo, compromissos do dia, contatos e seu fluxo de vendas?

Fechando a lacuna entre você e seu público te ajudará a tomar decisões corretas e ajustar o design às suas necessidades.

Me Conte uma História

Utilize uma das maneiras mais antigas e eficazes de transmitir conhecimento em seu site.

Contar histórias é uma maneira rica e interativa de envolver o usuário no design, provocar uma resposta emocional, ou aumentar a experiência de aprendizagem de um usuário. A pergunta a se fazer é:

"Existe alguma maneira mais criativa de apresentar a informação necessária e que aumente o envolvimento do usuário?"

Sites de notícias estão cada vez mais enfrentando este desafio. No passado, uma boa história poderia ser uma única página de texto. Agora ela pode ser enriquecida com multimídia para oferecer formas alternativas de se ver a história, incluindo linhas de tempo interativas, web-cams, animações, áudio e vídeo. Estes elementos podem oferecer ao público um entendimento mais abrangente e profundo sobre o tópico e as questões que o rodeiam.

A coisa mais impressionante em usar a internet para contar uma história é que ela pode ser não-linear – o usuário pode clicar para ver os fragmentos da informação que lhe interesse, ao invés de ver a história toda do começo ao fim. Ao contar uma história através da interação com o usuário, você permite que ele escolha seu próprio caminho de acordo com suas preferências e necessidades.

Me Anime

Conforme a banda larga se torna mais popular, os web designers começam a combinar cada vez mais o design visual com interação e movimento. Seu papel se tornou menos o de um designer e mais o de um diretor de experiências. Para ilustrar as diferenças entre esses papéis, vamos ver como a direção de criação de um design pode ser descrita:

"Para promover seu ponto forte, que é o conteúdo local sobre entretenimento, vamos incluir a paisagem de cada cidade com sua marca."

A direção de uma experiência, por outro lado, precisaria de mais documentação na etapa de conceituação. Um diretor de experiência deve juntar o conteúdo, formular um estilo interativo e orquestrar os elementos criativos sobre os quais a história será contada. Os web designers do futuro podem até precisar escrever situações de experiências, mesclando o processo de design com o de direção de cinema.

Ao entender a experiência do usuário como um todo, os designers podem criar uma experiência rica e sensorial, que podem imergir os usuários e encorajá-los a ficarem completamente envolvidos com o site e seu conteúdo. Quando o objetivo do site é educar, a imersão é muito importante, pois ela pode aumentar a velocidade de aprendizagem e o entendimento geral – principalmente quando os usuários principais de um site são crianças.

Através da imserão, o usuário experimenta prazer e satisfação: qualidades positivas que serão transferidas para sua marca.

Me Inspire

Algumas pessoas acreditam que o web design começa e termina com logotipia. Suas visões são que a identidade visual da marca é facilmente aplicada à web através da transferência de elementos comuns como o logo, as cores e a tipografia.

Realmente, muito do tráfego do seu site serão pessoas que conhecem ou escolheram sua marca no mundo real. Então quando elas entram no seu mundo virtual, é uma boa oportunidade de reforçá-la.

No entanto, seu site pode fazer muito mais que copiar sua identidade. Ele pode encapsular a personalidade da marca, seja ela inspiradora, confiável ou autoritária. Estas características são parte da razão para que seu público tenha escolhido a sua marca.

Durante a filmagem de “Os Desajustados” (Withnail and I), o diretor pediu ao ator principal Richard E. Grant para “manchar a película”, querendo dizer para ele ir fundo, sem meias palavras. É um bom conselho para quando você quer inspirar seu público e fazer com que ele tome uma ação – não seja bem educado, agarre-os pela garganta – e traga vida à sua marca!

Me Encante

Um belo design dará ao usuário a impressão que o site é fácil de usar, mesmo que não seja. Além disso, é mais provável que o design seja usado porque a psique humana é inexoravelmente dirigida pela beleza.

Sites transacionais geralmente falham miseravelmente no campo estético. O pensamento predominante é que é o domínio do consultor de usabilidade – que o design é secundário e geralmente confinado à “coloração” das células.

Ainda assim, processos e páginas altamente complexos podem parecer simples com o estilo correto. O espaçamento se torna muito importante por deixar os olhos do usuário descansarem antes de irem para o próximo bloco de informação. O design pode criar uma ordem e um sentimento de paz e serenidade – atributos positivos quando você está pedindo que seu usuário preencha um formulário extenso. O design profissional também pode aumentar o nível de confiança dos usuários, a característica mais importante para se ater em qualquer site transacional.

Se você não é um profissional de design visual, você pode conseguir confiança e lealdade consultando um designer de alto nível para sites de negócio crítico ou transacionais.

Os princípios de boas interfaces homem-computador são simplicidade, suporte, clareza, encorajamento, satisfação, acessibilidade, versatilidade e personalização. Embora seja essencial manter estes princípios, também é importante simpatizar e inspirar seu público para que ele sinta que você não o está tratando como um usário sem rosto, mas sim como um ser humano. Fazendo isso, você irá aumentar sua afinidade com o design e conseguir atitudes positivas com relação à sua marca, empresa e produto.

-----

Este artigo foi publicado originalmente na edição 240 da A List Apart e pode ser acessado aqui.

Traduzido por Luciano Rodrigues.

3 Comments:

Anonymous Smashs said...

Olá Luciano!
Agradeço vc a ter essa atitude de estar traduzindo A list Apart e ja acompanho desde o seu nascimento
eu postei o seu feito no meu blog quando vc tiver tempo conferi!
http://bitporminuto.paulojean.com/2008/01/02/fala-galera-feliz-ano-novo-internautassssssssssssssssssssssssss/

6:08 PM  
Anonymous ihiai said...

Primeiro post que estou lendo seu luciano , Parabéns faz um ótimo

12:35 PM  
Blogger Felipe Rodrigues said...

Também, acho ótimo que alguém esteja traduzindo esses ótimos artigos. Parabéns!

11:08 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home